SEMA realiza mapeamento das áreas a serem utilizadas no Programa Maranhão Verde

Equipe da SEMA vistoriou as áreas que pertencerão ao Programa Maranhão Verde

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA), em parceria com o Comando Tático Aéreo (CTA), realizou, dias 29 e 30 de junho, um sobrevoo sobre as nascentes dos rios Itapecuru e Alpercatas, no Parque Estadual do Mirador. A ideia foi identificar as áreas antropizadas a serem utilizadas para implantação do Programa Maranhão Verde.

Na ocasião, foram identificadas as principais áreas desmatadas nas nascentes, bem como em todo seu percurso dentro do Parque. A atividade foi subdividida entre duas equipes, sendo uma aérea e outra terrestre. A equipe terrestre percorreu parte do leito do Rio Itapecuru desde o Posto Zé Miguel passando pelas nascentes dos Rios Itapecuru e Alpercatas, retornando pelo leito do Rio Alpercatas. Assim, essa equipe ficou responsável por verificar in loco alguns problemas que a equipe aérea identificou a distância.

Já a equipe aérea sobrevoou as nascentes e parte dos leitos dos rios, identificando áreas desmatadas, queimadas, cerrado ralo, mata ciliar e vegetação secundária. Além disso, foram mapeadas as principais áreas para a implantação dos viveiros para cultivo das plantas a serem utilizadas no replantio.

O “Programa Maranhão Verde” foi criado através da Lei Estadual nº 10.595, de 24 de maio de 2017, que prevê ações de educação ambiental, capacitação da população local, produção de mudas de espécies nativas, preservação, restauração, recomposição e recuperação de áreas e monitoramento e avaliação ambiental, sendo de extrema importância para o Estado do Maranhão.