Professores fazem passeata e acampam em frente ao gabinete da prefeita de Santa Inês

Greve continua com programação definida para esta semana

Ainda sem conseguir negociar com a prefeita Vianey Bringel, os professores da rede municipal de ensino de Santa Inês realizaram, nesta segunda-feira, mais uma manhã de protesto contra a falta de diálogo por parte da gestora municipal.

Na manhã desta segunda-feira (11/09), os educadores se concentraram na Praça das Laranjeiras, de onde saíram em passeata até o prédio da Prefeitura de Santa Inês e subiram até o gabinete da prefeita Vianey Bringel, onde permaneceram por algumas horas, pressionando para que a prefeita cumpra com o que determina a Lei e autorize o pagamento do reajuste.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica das Redes Públicas Estaduais e Municipais do Estado do Maranhão (Sinproesemma), a luta da categoria é pelo pagamento integral do reajuste salarial de 7.64%, referente a este ano. De maio até julho, a Prefeitura pagou apenas 4% do reajuste, ficando retroativo dos meses anteriores a maio e de 3.64% até julho.

Além disso, a categoria cobra o cumprimento do Plano de Cargos e Carreira, com relação a progressões e promoções.

GREVE INTENSIFICADA

De acordo com os líderes do movimento grevista, mesmo com a tentativa de interferência da gestão municipal e alguns vereadores que tentam enfraquecer a greve, o Sinproesemma se mantém firme no apoio aos educadores e divulgou uma vasta programação para esta semana.

A programação da terceira semana de greve consta de caminhada (realizada nesta segunda-feira); reunião de diálogo com vereadores, a ser realizada na manhã desta terça-feira (12), na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL); visita ao Ministério Público (quarta-feira, 13); e concentrações na sede do sindicato (dia 14) e na Câmara de Vereadores de Santa Inês, na sexta-feira, 15.