Dança das Cadeiras na Câmara de Zé Doca

A 96ª zona eleitoral de Zé Doca divulgou o resultado do reprocessamento dos votos, da eleição do último dia 2 de outubro, em Zé Doca. Com a contabilização de votos de candidaturas que passaram de indeferidas para deferidas, houve alteração em três cadeiras para a Legislatura que se iniciou em 2017.

Raimundo do Sindicato
Luis do Igarapé Grande
Alcobaça

De acordo com a lista divulgada na tarde desta terça-feira (5), estão eleitos os candidatos Raimundo Pereira Vieira de Sousa, o Raimundo do Sindicato (PCdoB) — 727 votos, Evanilton da Silva Araújo, O Luís do Igarapé Grande (PMDB) — 682 votos e Antônio Marques de Alcobaça, o Alcobaça (PSB) — 662 votos.

Deixam a lista de eleitos e passam a ser suplentes os seguintes candidatos: Professor Marcos Paulo (PT) – 526 votos, Rogério Rocha (PSDB) – 385 votos e Edmar Simplício (PSC) – 381 votos.

Edmar Simplício ocupa a vaga de vereador na condição de suplente, devido ao afastamento de Francisco do Bernado do Caixão, que atualmente ocupa o cargo de secretário de Saúde do município, agora, o suplente passa a ser o vereador Hênnio Silvestre (PSD).

Resultado após reprocessamento

Com isso, (PMDB / PHS / PEN / PRB / PSDB / PSB / PMB / PC do B), que não havia feito vereador, ganhou três cadeiras. O PR/PRB que havia conquistado cinco vagas passou a ter quatro. O PSD / PSC / PSL / PTB que havia conquistado cinco vagas passou a ter quatro.
Já a coligação formado pelos partidos PT / PPL / PPS / PDT / PV / PTN, perdeu a única vaga conquistada.

Segundo informações, não houve uma recontagem de votos, mas um reprocessamento de votos de candidatos que estavam indeferidos e, portanto, não foram computados. Com o deferimento destas candidaturas que tiveram seus recursos aceitos pelo Tribunal Regional Eleitoral, houve uma alteração no quociente eleitoral alterando assim os ocupantes das cadeiras.

Resultado pode mudar

O resultado divulgado nesta tarde ainda não é definitivo. Houve o deferimento de algumas candidaturas, mas ainda há recursos pendentes junto ao TRE. Um novo reprocessamento pode ocorrer nos próximos dias e validar os votos dos partidos PTC, PPL e PPS, caso aconteça, os vereadores Pavão, Miguel Barros e Professor Marcos Paulo, devem voltar para o Legislativo Municipal.

Diplomação

Os vereadores reeleitos ainda precisam esperar para assumirem o cargo na câmara municipal. A diplomação está marcada para o próximo dia 19.

Confira a nova configuração dos eleitos:

Francisco do Bernardo Caixao (PSL) – 891
Carlos Henrique Solteiro (PR) – 882
Claudio da Boa Esperança (PRP) – 748
Raimundo do Sindicato (PCdoB) – 727
Cimar (PSD) – 714
Luis do Igarapé Grande (PMDB) – 682
Alcobaca (PSB) – 662
Fabio Capixaba (PSD) 599
Alexandre Barroso (PTB) – 565
Antonio Maia (PRTB) – 554
Bill Moraes (REDE) – 543
Edilson Romão (PR) – 538
Galego da Vila Nova (PDT) – 505
Zequinha do Quadro (PR) – 498
Itamar da Canaã (DEM) – 332

Candidatos que ainda podem entrar:

Pavão (PPL) – 852
Miguel Barros (PTC) – 589
Professor Marcos Paulo (PT) – 526

Vereadores que podem sair:

Alexandre Barroso (PTB) – 565
Galego da Vila Nova (PDT) – 505
Zequinha do Quadro (PR) – 498
Hennio Silvestre (PSD) – 467
Itamar da Canaã (PR) – 332


Postado por: 
Redação Correio do Vale
Categoria do Post: 
POLITICA – Ze Doca
Data: 
06/09/2017
Visitas: 
16
Palavras-chave:

Fonte: 

Redação