COMPESI – MA: PUBLICA NA SUA PAGINA OFICIAL NO FACEBOOK, NOTA DE REPUDIO E INDIGNAÇÃO DO PROJETO DE LEI 27/2018

NOTA DE REPÚDIO
A promotoria de justiça de Santa Inês, solicitou a senhora Prefeita Vianey Bringel que se criasse um projeto de lei, que ainda vai ser debatido e votado na Câmara Legislativa da cidade, uma lei em favor da classe LGBT. Entre muitos benefícios absurdos, que nem os heteros, negros e  cristãos (Católicos e Evangélicos) o projeto de lei quer que eles participem e opnem na elaboração do plano anual do município e também na garantia da classe homossexual com  recursos para eles irem para os eventos LGBT em todo o país. Inclusive todos os eventos que eles desejarem realizar será financiado com o dinheiro público dos impostos municipais. Ou seja, tudo pago pelo município. Nada contra os homossexuais, mas, a lei deve prevalecer para todos.
Os negros, brancos, pardos e cristãos também desejam participar e opnar sobre plano anual.
Conselho de Pastores de Santa Inês do Maranhão.
Confira abaixo: